A Maneira como Ele Vê Você

Por Maria Fontaine

Abril 10, 2021

[The Way He Sees You]

Uma amiga que conheço há muitos anos me escreveu pedindo ajuda para responder a um presidiário chamado Jay, a quem ela estava ministrando. Ele escreveu:

Eu fico muito ansioso e preocupado com o meu propósito na vida. A Palavra fala que alguns são servos, mas como posso servir a alguém nesta condição? Tenho muito medo de não ser capaz de colocar a minha mão no arado. O que eu posso fazer?

A Palavra fala sobre sair do meio deles. Estou acorrentado a pessoas que não consigo consolar de muitas maneiras. Como devo proceder haja vista as minhas circunstâncias?

Preciso de oração para encontrar os caminhos da vida. Por favor, ore por mim.

Não importa onde Deus colocou um de Seus filhos, se eles deixarem a Sua luz brilhar através deles, isso trará esperança a outros. Não importa se é uma prisão física ou a prisão do medo, da dúvida, da autocondenação ou qualquer outra. Os cristãos têm a responsabilidade de apoiar uns aos outros em amor, usando a Sua Palavra e o encorajamento que Jesus está sempre pronto para prover para qualquer um de Seus filhos. Aqui está o que o Senhor me inspirou a escrever em resposta ao apelo de Jay por oração e ajuda:

*

Caro Jay, saiba que você está em minhas orações. Posso imaginar que suas lutas às vezes devem ser avassaladoras a ponto de nem saber como expressá-las. Deve ser muito difícil estar nessa posição onde tantas situações podem trabalhar contra a sua fé. Grande parte do tempo você deve ter que andar por fé e não por vista, porque é a única maneira de conseguir seguir adiante em uma situação como essa.

Embora você esteja enfrentando circunstâncias muito desafiadoras, talvez fique encorajado em saber que não está sozinho nessa luta para continuar firme diante de problemas que lhe parecem avassaladores. Na vida nós enfrentamos muitas situações difíceis, dolorosas ou aparentemente sem esperança que desafiam a nossa fé e nos fazem recorrer a Jesus.

Quanto mais praticarmos olhar para Ele para nos mostrar maneiras, mesmo que simples, de continuarmos combatendo o bom combate da fé e ficamos o máximo possível pertinho dEle, mais começaremos a ver Jesus agir na situação em que nos encontramos, ao nosso redor e através de nós.

Durante períodos difíceis ou de provações, pode ser difícil ver o propósito para nossas vidas ou como Deus está atuando. Isso me fez lembrar de uma mensagem escrita pelo pastor Rick Warren, em seu livro A Vida com Propósito. Espero que esta mensagem o encoraje:

Deus tem um propósito por trás de cada problema e usa as circunstâncias para desenvolver o nosso caráter. Na verdade, Ele depende mais das circunstâncias para nos tornar semelhantes a Jesus do que da nossa leitura da Bíblia. A razão é óbvia: você tem que lidar com as circunstâncias vinte e quatro horas por dia.

Jesus nos avisou que teríamos problemas no mundo. Ninguém está imune à dor ou isento de sofrimento, e ninguém consegue passar pela vida sem enfrentar problemas. A vida é uma sequência de problemas. Cada vez que você resolve um, tem outro esperando para o substituir. …

Deus usa problemas para aproximar você de si mesmo. A Bíblia diz: “O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido.” Suas experiências mais profundas e íntimas com Jesus provavelmente serão em seus dias mais sombrios — quando está de coração partido; quando se sente abandonado e sem opções; quando a dor é grande — e então você recorre a Deus. É durante o sofrimento que aprendemos a orar as orações mais autênticas, sinceras e honestas. ...

Todo problema é uma oportunidade de formação do caráter e, quanto mais difícil, maior o potencial para desenvolver músculos espirituais e fibra moral. Paulo disse: “Sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança.” O que acontece externamente em sua vida não é tão importante quanto o que acontece dentro de você. Suas circunstâncias são temporárias, mas o seu caráter permanecerá para sempre.—Rick Warren[1]

Jesus prometeu estar com você sempre (Mateus 28:20), em qualquer situação que você enfrentar ou tiver que suportar. E Ele o ajudará nas situações mais difíceis. A Bíblia nos diz: “Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito” (Romanos 8:28). Essa é uma promessa que você pode reivindicar! Deus fará tudo o que você enfrentar contribuir para o seu bem — sem exceções — porque você foi chamado de acordo com o propósito dEle.

Em uma situação difícil, talvez se pergunte qual poderia ser o propósito para você. Em primeiro lugar e acima de tudo, o seu propósito como seguidor de Jesus é aprender a buscar a Deus e confiar nEle em todas as circunstâncias.

E é sempre bom lembrar que o propósito de Deus para você não está relacionado a fazer algo grandioso para Deus a fim de Lhe agradar. Ele pede que façamos o que pudermos exatamente onde estamos, que andemos de acordo com a Sua Palavra e compartilhemos a Sua verdade e amor com os outros conforme surgem as oportunidades. Quando José, na Bíblia, estava preso, ele fez o que pôde para encorajar algumas pessoas que Deus colocou no seu caminho, e no final isso foi um fator importante no plano de Deus. (Ver Gênesis 37–45.)

Jesus conhece o seu coração. “Ele sabe do que somos formados; lembra-se de que somos pó.” (Salmo 103:14). Ele não espera que você seja perfeito ou um exemplo perfeito dEle e dos Seus caminhos. Ele simplesmente quer que você faça o melhor que pode para seguir a Ele e recorrer a Ele diante de testes e provações, na certeza de que Ele será a sua força e o seu conselheiro nos momentos difíceis.

Logicamente, Deus quer que você se esforce para aprender com Ele e crescer na fé. Mas Ele não tem um padrão definido que você tem que alcançar de modo a merecer o Seu amor. Na verdade, suas imperfeições e lutas dão a Deus a oportunidade de manifestar o Seu perdão e demonstrar Seu amor e misericórdia. Ver a misericórdia de Deus por você pode motivar outros a buscarem o Seu perdão, principalmente aqueles que talvez se sintam “ruins demais” para Deus.

Nós não sofremos uma transformação instantânea assim que recebemos Jesus. É um processo que dura a vida toda (2 Coríntios 3:18). Leva tempo para crescermos e aprendermos a cada dia. Então, faça o que puder para ser um exemplo da presença de Deus em sua vida, e pode ter certeza que será um encorajamento para os outros.

Você provavelmente vai tropeçar, agir com egoísmo ou errar o alvo de vez em quando. Vai tomar decisões eradas e talvez vacilar e falhar de vez em quando, como acontece com todos nós. Mas tente ver esses erros e fraquezas como oportunidades para fortalecer suas convicções. Aprenda a lição que Deus tem para você em cada situação. Quando possível, faça tudo ao seu alcance para retificar a situação, caso tenha ofendido outros. Depois siga em frente, sem sentimento de culpa, mas descansando na paz de saber que Jesus lhe perdoou.

Nós somos humanos. A Bíblia diz que Ele Se lembra da nossa estrutura, de que somos pó. O objetivo de Jesus não é julgar você. Ele quer que você saiba que Ele o ama e o recebeu de braços abertos. À medida que descansar nessa certeza, o Seu amor e a Sua bondade se integrarão cada vez mais à sua natureza. Claro, leva tempo para essas qualidades se desenvolverem. Tornar-se uma nova criatura em Cristo é um processo.

Jay, minha oração mais sincera por você é que você possa descansar no grande amor que Jesus tem por você. Acredite nesse amor. Quando tropeçar e cometer erros, diga a Ele que você se arrepende, mas não fique deprimido. O Senhor o ama como você é, ou seja, com todas as suas fragilidades humanas. Ele o ajudará a melhorar, mas sabe que você nunca será perfeito. Esse não é o objetivo. Devemos ter Jesus em primeiro lugar em nossas vidas e fazer o melhor que podemos para obedecer às instruções da Sua Palavra.

Mesmo que você ache difícil fazer algo relevante que se assemelhe a servir ao Senhor e aos outros no ambiente em que se encontra, apenas confie que Ele sabe como é difícil e está fazendo até mesmo essas coisas contribuírem para o seu bem e o bem de outros.

Um testemunho ou ato de serviço pode parecer insignificante para você, mas pode ser o início de algo maior do que poderia imaginar. Confie que Jesus sabe o que está fazendo, que existe um propósito na situação em que você se encontra e que você tem uma função a desempenhar dentro do Seu magnífico plano.

Imagino que às vezes você se sinta muito sozinho e provavelmente que ninguém consegue entender o que você está passando. Algo que eu acho que ajudaria é lembrar que o amor dEle por você, Jay, é pessoal. Ele Se preocupa com você mais do que qualquer outra pessoa poderia se preocupar. O seu vínculo com Ele é um relacionamento individual que nunca terminará e só se tornará mais forte, mais profundo e mais doce com o passar do tempo.

Como eu nunca vivenciei a sua situação, você talvez pense que eu não entendo. E é verdade, não entendo totalmente, mas pode ter certeza que Jesus entende. Ele entende muito bem e quer que você saiba, sem sombra de dúvida, que o ama, perdoa e Se importa com você. Ele te ama tanto que morreu por você. Se confiar nEle, terá a paz que resulta de acreditar no Seu grande amor por você.

Vou orar para que você consiga descansar em Seu amor e não se preocupar com o que está além do seu alcance. Ele conhece todos os detalhes sobre a sua situação. Ele tem um plano e um propósito, e parte disso é aproximá-lo do Seu amoroso coração. O Senhor disse que a Sua misericórdia é de eternidade em eternidade. Seu amor é incondicional; não diminui ou desaparece quando falhamos ou erramos.

No dia que você decidiu abrir seu coração para o Senhor, Ele lhe fez uma promessa: “Nunca o deixarei, nunca o abandonarei” (Hebreus 13:5). Não importa o que aconteça, Ele está ao seu lado. Ele cuida de você, porque o ama. Uma bela passagem à qual se apegar quando sentir que não aguenta mais e se indaga se algo o separou de Jesus é Romanos 8:35-39:

Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? Como está escrito: “Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro”. Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.

Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.

No dia em que Ele o recebeu como Seu e entrou em seu coração, Ele perdoou todos os pecados que você já cometeu ou virá a cometer. Ele conhecia cada defeito, cada falha, cada erro, cada pecado, cada luta que você enfrentaria. Ele escolheu derramar o Seu amor e perdão sem medida. Ele deu a vida por você em amor. O Senhor sabe tudo a seu respeito — seus pensamentos, seus sonhos, seus arrependimentos, suas tentações e os desejos do seu coração. O amor dEle por você é inalterável.

Espero que você descanse na certeza desse amor e confie que Ele o guiará a cada dia e lhe mostrará como melhor “deixar a Sua luz brilhar”, mesmo nos lugares mais sombrios. Conforme fizer isso, refletirá para outros o Deus que o banhou com Seu infinito amor e graça.

Vou encerrar esta cartinha com dois trechos de uma mensagem que acho que você vai gostar. Deus o abençoe e guarde!

Poder de ressurreição

Fé é confiar no que os olhos não podem ver! Os olhos veem tempestades; a fé vê o arco-íris de Noé. Seus olhos veem seus defeitos; sua fé vê seu Salvador. Seus olhos veem sua culpa; sua fé vê o sangue de Jesus que purifica. Ao se olhar no espelho, seus olhos veem um pecador, um fracasso. Mas, pela fé, você vê um filho pródigo vestido com um manto, o anel da graça em seu dedo e o Pai o beijando no rosto.—Max Lucado[2]

A canção que Ele deseja ouvir

Nos seus últimos anos de vida, Beethoven passou horas tocando um cravo quebrado. O instrumento não valia nada. Faltavam pinos, as cordas estavam gastas e o instrumento desafinado produzia um som áspero. Ainda assim, o grande pianista tocava até as lágrimas começarem a escorrer pelo seu rosto. Um observador pensaria que ele estava ouvindo o sublime, e estava! Ele era surdo. Beethoven estava ouvindo o som que o instrumento deveria produzir, não o que ele produzia.

Você talvez se sinta como o cravo de Beethoven — desafinado, incompetente; considera o seu serviço a Deus inconveniente, insignificante. Você já parou para pensar o que Deus faz quando o instrumento quebra? Como o Mestre responde quando as peças não funcionam? Ele exige uma substituição? Ou afina pacientemente até ouvir a música que Ele deseja ouvir? Saiba que o Musicista Mestre retifica o que não podemos e ouve música quando não a produzimos. E Ele adora ouvir a música que a sua vida produz.—Max Lucado[3]


[1] Uma Vida com Propósitos (Editora Vida).

[2] Max Lucado, Upwords devotionals, 24 de março, 2021: “Resurrection Power,” https://808bo.com/2021/03/24/upwords-max-lucado-resurrection-power/.

[3] Max Lucado, Upwords devotionals, 22 de março, 2021: “The Song He Longs to Hear,” https://808bo.com/2021/03/22/upwords-max-lucado-the-song-he-longs-to-hear/.

 

Copyright © 2022 The Family International. Política de Privacidade Política de Cookies